Seja bem vindo(a), Domingo, 24 de Junho de 2018
Parlamentar 1

Posso dizer com muita satisfação que ao longo de 30 anos de vida pública, me desdobrei para honrar os compromisssos pelos quais me propus em ser um agente ativo neste mundo da política. Algumas das imagens abaixo deixam isto bem claro.

O ano é 1984. pelo Brasil ferivlhava uma campanha para devolver, ainda sob o regime militar, o direito do povo em escolher seu presidente. Aqui em Itapira tomei parte da mobilização e esta foto mostra o resultado final que foi um monumental comício realizado na Praça Bernardino de Campos, que contou com oradores de prestígio de várias localidades da região, como  mostra  a foto, a presença do Deputado Estadual Nelson Mancini Nicolau ( atual Prefeito de S.João da Boa Vista) e atrás dele o também ex-deputado estadual, Goro Hama.



     
Na minha segunda visita a Brasília, me fiz acompanhar do saudoso ex-prefeito José Casimiro Rodrigues e do meu colega de Câmara, Dionísio Coradi Filho. Estávamos aí neste momento, visitando a Câmara dos Deputados.



Imagem que retrata uma de minhas passagens pelo Legislativo de Itapira, no ano de 1991, quando tive oportunidade de ser conduzido ao cargo de 1° Secretário da Mesa,( cargo o qual renunciei 9 meses depois por ter encontrado resistências para minhas propostas em moralizar a casa) , ladeado pelo meu grande amigo  Orlando Dini. Ocupava a presidência na oportunidade  Eliel Corazza.



As gerações mais novos certamente não se lembram, mas a hoje duplicada e bem cuidada SP- 147, teve um período marcante pelo lado negativo onde muitos itapirenses, mogimirianos e pessoas que estavam de passagem, acabaram falecendo em tragédias automobilísticas. Eu, outros colegas como  Zito Andrade e José Casimiro Rodrigues (dois colegas de Câmara) e o advogado Guilherme da Rocha Franco (membro da executiva do PMDB do começo dos anos de 1980),  tivemos intensa atuação de maneira a sensibilizar autoridades do governo estadual para a necessidade da realização de intervenções na rodovia, principalmente no trecho conhecido como "curva da morte", onde eram mais comuns os acidentes fatais. Toda esta luta que começou lá atrás culminou com o processo de privatização iniciado na gestão de Mário Covas (1987-1990).



Eis um gesto que aprendi a valorizar sobremaneira, o do sulfrágio universal, quer nas eleições regulares do TSE, que na escolha de membros da diretoria da Câmara, quer nas convenções partidárias. O voto é sim uma importante arma de transformnação social.



Num período onde a militância política-partidária era muito mais efetiva (e eficiente) do que hoje em dia, eu e outros colegas do PMDB aqui da época ( começo dos anos 1980) conseguimos trazer para Itapira benefícios advindos do governo Montoro, como esta viatura doada para a nossa Polícia Civil.



Olha aí um outro registro muito importante desta visão de "participação efetiva" da militância partidária nas decisões em favor da população, algo que, infelizmente, vem caindo em desuso. Eu e outros colegas ( do PMDB e outras legendas aliadas a nós como o ex-vereador Nelson Caporallli) mais o presidente do Clube da Saudade à época (ex-vereador Izaltino Martins) e outros membros de sua direção, pleiteamos e conseguimos junto ao governo estadual por intermédio da antiga FEPASA, doação do terreno que serviu para ampliar as dependências deste tradicional clube da cidade.



Nestes tempos de defesa do ecologimamente correto, me orgulho em mostrar esta foto ao lado daquele que é considerado um dos grandes percursores dos movimentos em defesa do meio ambiente no Brasil, o ex-deputado Federal  Fábio Feldman. Foi feita durante uma visita sua na região, para discutir, exatamene questões ambientais. Fui acompanhado na visita do meu amigo Sebastião Riboldi Guerreiro, grande presidente do Sindicato Rural de Itapira. Na ponta esquerda a presença do engenheiro Antonio Carlos.



Um dos motivos que levaram a mim e a  outros colegas que um dia militaram na oposição ao grupo do atual Deputado Barros Munhoz, a fazer uma composição em favor da cidade, foi exatamente sua enorme e inquestionável capacidade de atrair benefícios para a população local, principalmente os mais humildes. Esta foto retrata um destes momentos marcantes, com o sorteio de casas populares para moradores que hoje residem no Conjunto Flávio Zachi, realizado no Itapirão e que trouxe a Itapira o governador Mário Covas. Reconheço ainda na foto o ex-deputado Goro Hama, na época, presidente da CDHU. Quem discursa é o Secretário de Habitação.



Eu e meu colega de bancada do PMDB na Câmara, o ex-prefeito José Casimiro Rodrigues, formos recebido em São Paulo pelo então Secretário de Transportes, no governo Quércia, Valter Nori. O assunto não foi outro senão pedido de duplicação da SP- 147, isto no ano de 1989.


Outro flagrante com Valter Nori, desta vez com a presença do inesquecível Dinho Pompeu e, também, com o ex-prefeito de Mogi Mirim, Ricardo Brandão, que à epoca, ocupava importante cargo na diretoria da Nossa Caixa. O inseparável José Casimiro Rodrigues também participou desta audiência.








Participação minha na inauguração da escola de ensino Infantil Edmée Boretti, quando exercias a função de superitendente do SAAE e responsável pelo setor de obras da Prefeitura.



Numa das minhas andanças por Brasília, me avistei num evento que tinha clima de confraternização, com o presidente do Senado Humberto Lucena ( na época, do PDS da Paraíba) que a exemplo do que representa hoje José Sarney, era ele quem "dava as cartas" no Senado da República.



Sempre fui um vereador muito atuante também no processo de intercãmbio com outras Câmaras do Brasil afora, cujos colegas a gente conhecia nos famosos Congressos realizados de vez em quando, em locais de "baixíssimo interesse turístico", como foi o caso deste realizado naquela cidade "muito feia", Natal, a capital do Rio Grande do Norte. Detalhe: ao fundo quase toda a composição da Câmara Municipal à epoca. Preste atenção, também, no "veriadores". Acontece que a pessoa que nos cedeu a foto, um nordestino de corpo e alma, escreveu como os brasileiros de lá costumam se expressar, sem tomar o devido cuidado com a língua portuguesa.



Fã que sou do ex-presidente Juscelino Kubitscheck de Oliveira, não perdia oportundiade em visitar seu memorial em Brasília.



Nas minhas perigrinações como vereador por cidades brasileiras, conheci cada figuraça, como este fotógrafo do Jornal do Brasil (não me lembro de seu nome) com cara de revolucionário cubano, que deixou o então jovem vereador Décio da Rocha Carvalho muito assustado com seu visual.



Em épocas natalinas, quando a gente deve cumprir aquele ritual de fazer cumpir nossos votos de caridade "sem que a mão direita saiba o que fez a mão esquerda", reuni este registro,no qual,  eu fui me confraternizar com o grupo de mamães noéis, num evento realizado no Parque Juca Mulato.



 

É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste blog.
Qualquer imagem/texto utilizado sem nossa prévia autorização incorrerá em ato criminoso e estará sujeito às sanções legais.
2018 | Blog do Noé Massari
Desenvolvido por: Digital Web Services